© 2019 by Afinado Brasil Music

CRONOLOGIA

2018.

Darlly Maia faz dois shows em novembro. A primeira apresentação é em La Chaux-de-Fonds, a convite da UP - Plateforme Environnementale.

No final do do mês, Darlly Maia Trio se apresenta no Bleu Café, em Neuchâtel. 

Em junho, Darlly Maia apresenta seu show "Voz e Violão" na Fête de la Musique de Lausanne, onde já esteve presente na edição de 2017.

Maio - Mais uma tourné a Barcelona de Darlly Maia para apresentar seu show " Voz e Violão" no projeto "Els viatges de la paraula", da Prefeitura de Barcelona. Nessa ocasião, Darlly Maia também fez um show na Escola de Música e Arte Vilamusic Susuki.

No mês de abril, Darlly Maia apresenta o show "Voz e Violão" em Goumois, na fronteira entre Suíça e França.

2017.

Dezembro - Darlly Maia apresenta seu show "Voz e Violão" no Café ABC, em La Chaux-de-Fonds, na avant-première do Filme "Favela Olímpica", realizado no Brasil.

Darlly Maia Trio faz uma apresentação no Bleu Café, em Neuchâtel.

Em setembro, Darlly Maia apresenta o show "Voz e Violão" em Fribourg e Les Pommerats, além de apresentar-se com seu Trio em Auvernier e na "Fête de la Coquille", em La Chaux-de-Fonds.

Em 21 de junho, Darlly Maia Trio faz dois shows na Fête de la Musique em Lausanne.

No final do mês, além de uma festa na "Voirie de Neuchâtel", Darlly Maia Trio se apresenta no King du Lac, também em Neuchâtel.

Em tourné a Barcelona, Darlly Maia leva seu show " Voz e Violão" para o projeto "Els viatges de la paraula", da Prefeitura de Barcelona, e à sala Jamming Lounge, no mês de maio.

Ainda em maio, Darlly Maia faz um show muito especial acompanhado do saxofonista Jérôme Correa na Maison Blanche, emblemática casa de Le Corbusier, em La Chaux-de-Fonds.

2016.

Nos meses de novembro e dezembro, Darlly Maia Trio faz dois shows em La Chaux-de-Fonds, um deles na Patinoire em festa da equipe de hóquei HCC.

Em nova tourné a Barcelona, Darlly Maia leva seu show " Voz e Violão" para o projeto "Els viatges de la paraula", da Prefeitura de Barcelona, e à sala Jamming Lounge, no mês de novembro.

Nos meses de setembro e outubro, Darlly Maia Trio faz duas apresentações em La Chaux-de-Fonds: uma no Musée International d'Horlogerie e outra em La Méridienne.

Em maio, Darlly Maia Trio se apresenta em Neuchâtel, preparando para o verão no King du Lac.

Como em 2015, Darlly Maia começa o ano com uma tourné no Brasil no mês de fevereiro.

2015.

Em novembro, Darlly Maia retorna a Barcelona para uma pequena tourné, onde se apresenta, entre outros, no Jamming Lounge.

Com o show "Voz e Violão", Darlly Maia toca em Cortaillod, Neuchâtel, em maio.

No mês de abril, faz uma apresentação no Mercure Classic Hotel, em Leysin, cantão de Vaud.

Darlly Maia começa o ano com uma turnê no Brasil, onde faz 10 apresentações em 20 dias de viagem.

2014.

Apresenta-se no Caveau d'Echandens, em Lausanne, Suíça.

Leva seu show "Voz e Violão" à Bahia, Brasil.

Participa do POP Festival - 70 ans, em Le Locle, Suíça.

Darlly Maia apresenta-se na Casa América Catalunya convidado pelo Centro de Cultura do Brasil - Consulado Brasileiro.

Realiza o show de despedida do Elèctric Bar, sala de shows que foi referência na música ao vivo em Barcelona nos últimos 13 anos.

2012.

Se estabelece em Suíça para, a partir de aí, continuar levando a música popular brasileira à Europa.

Apresenta-se no Festival de Jazz de Sitges.

Com o Trio Forróbódó, apresenta-se no Festival Los Sonidos de la Biodiversidad, de Bancaja em Castellón de La Plana, Valência.

Publica o álbum duplo Bolero do Brasil, realizado pelo produtor Quim Quer para a discográfica Blanco&Negro.

Darlly Maia apresenta-se na Casa América Catalunya convidado pelo Centro de Cultura do Brasil - Consulado Brasileiro.

2011.

Chega ao mercado o livro: "Sin noticias del volcán", onde Darlly Maia é um dos personagens retratado, a partir de entrevista concedida ao jornalista e autor do livro Albert Figueras.

Darlly Maia apresenta-se na Casa América Catalunya convidado pelo Centro de Cultura do Brasil - Consulado Brasileiro.

Apresenta o álbum Drum&Brazz Project na Sala Luz de Gas, de Barcelona.

Com o show "Voz e Violão" , viaja à Suíça e Palma de Mallorca.

2010.

Apresenta-se com o Trio Forróbódó, nas Festes Majors del Casc Antic de Barcelona, dentro da programação da semana da diversidade.

É convidado pela discográfica Blanco&Negro para gravar um álbum duplo de boleros, em espanhol, com arranjos e sonoridades de música brasileira.

Participa com o Drum&Brazz Project em Barcelona de um dos festivais de verão mais respeitados da Europa, o FESTIVAL GREC.

2009.

Com o Trio Forróbódó, faz uma turnê por Catalunya como grupo convidado de DIVERSONS para a celebração dos 50 anos de Radio y Televisión Española - RTVE Catalunya.

Apresenta-se com o Drum&Brazz Project em Pamplona, dentro do Ciclo de Músicas Étnicas do CIVICAN.

Participa do Festival Internacional de Música Popular i Tradicional - FIMPT - de Vilanova i La Geltrú e do Festival de Músicas do Mundo de Cunit.

É convidado com o Trio Forróbódó para a edição especial dos 20 anos do Buskers Festival en Neuchâtel, Suíça.

Leva seu show "Voz e Violão" a Palma de Mallorca.

2008.

Com o espetáculo “Voz e Violão” atua no Brasil e Suíça.

Lança o Álbum Drum&Brazz Project no final do ano, distribuído em toda Europa, e começa uma pequena turnê de promoção pelas salas FNAC em Espanha.

2007.

Viaja toda a geografia espanhola com a turnê Diversons, do Trio Forróbódó. Toca em Sevilla, Jerez de la Frontera, Marbella, Barcelona, Girona, Figueres, Tarragona, Igualada, Vic, Logroño, Guipúzcoa, Castellón, Alicante, Valencia, Huesca, Pamplona, Granada, Menorca, Madrid, Pinto, Aranjuez, entre outros.

Atua no Festival Música Viva de Vic - FMVV.

2006.

Começa o projeto Drum&Brazz apresentando-se durante uma temporada no Cassino de Barcelona.

Toca no Brasil, na Bahia, depois de um bom tempo sem apresentar-se em palcos nacionais.

Festival Bahia Fusión Barcelona.

Apresenta-se com o Trio Forróbódó nos Festivais de Neuchâtel e Luzern (Suíça).

Realiza os primeiros shows da turnê Diversons em Palma de Mallorca e Lleida.

2005.

Apresenta o espetáculo “Voz e Violão” pela primeira vez na Suíça.

Toca com o Trio Forróbódó no terraço do mítico edifício La Pedrera de Gaudí, em Barcelona. Duas noites de ingressos esgotados.

Atua no Festival Internacional de Gandía e na Fira de Música al Carrer de Vila-Seca.

Participa em um espetáculo no Palacio de Congresos de Madrid.

2004.

Se apresenta na Quinzena Brasileira do FNAC, num programa onde também estavam artistas como Carlinhos Brown, Bebo Valdés e Flávia Virgínia.

Entre os shows com o Trio Forróbódó e “Voz e Violão”, realiza mais de 120 apresentações nesse ano.

2003.

Cria o Circuito Zaratustra de Música.

Produz um festival com nove dias de duração nas Festes de Gràcia(Plaza Del Sol), onde assistem mais de 20 mil pessoas e apresentam quinze shows diferentes.

Darlly Maia se apresenta com o percussionista brasileiro Paulinho da Bahia.

2002.

Cria o Trio Forróbódó e começa a promover o forró na Europa.

Realiza mais de 80 shows com o grupo nesse período.

2001.

Darlly Maia chega a Barcelona e começa seu show “Voz e Violão” no Bar Elèctric.

Programa “Afinado com Brasil” na Radio Estel de Barcelona, temporada 2001/2002.